SLOGAN MDA

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

TRANSPARÊNCIA - A NOBRE ARTE DE VIVER SEM MÁSCARAS


1. QUEBRA-GELO (10 Minutos) Quando você era criança qual o tipo de castigo que seus pais costumavam aplicar?
2. PASSANDO A VISÃO (05 minutos):
Evangelismo e integração, 2. Pastoreamento e Discipulado, 3. Treinamento de líderes, 4. Comunhão, 5. Crescimento e Multiplicação.
3. LOUVOR E ADORAÇÃO (15 minutos)
4. OFERTA (5 minutos)


5. EDFICAÇÃO (45 minutos)
Resumo da Mensagem
Texto:Sl 32.1-5, I Co 4.2
Vivemos em uma sociedade onde 'parecer ser' é mais importante do que 'ser'. As pessoas fingem ser, às vezes representam um papel que muitas vezes não condiz com a realidade de suas vidas na intimidade.
Na verdade ser transparente, conhecido, verdadeiro é um estilo de vida cada vez mais raro. Mas como igreja somos chamados a viver uma vida de transparência, a não ter áreas escusas, comportamentos duplos,  pecados ocultos, pois geralmente estas coisas minam a vida de qualquer cristão o deixando longe de desfrutar uma vida gratificante. Uma vida de intransparência e pecados não confessados é perigosa, pois ela culmina em três sérios problemas:
1.Doencas emocionais e físicas-  (Sl. 51.3), 2. Prisão - um ciclo de pecar, sentir remorso e pecar de novo, onde o cristão acaba se tornando fraco e vulnerável. 3. Cauterização da consciência - Que é o endurecimento e insensibilidade ao pecado (I ™ 4.2). Desta forma, o diabo vai trabalhar para que o pecado seja sempre repetido, nos convencendo a mantê-lo em segredo, para assim continuarmos pecando, vivendo em um ciclo interminável de quedas, sendo ferido e ferindo, aprisionados e endurecidos.
Detectamos que duas atitudes podemos tomar a fim de evitarmos esse ciclo perigoso: I. Um vida de transparência – É a capacidade de nos apresentarmos diante do outro como realmente somos. II - Confessando nossos pecados, observando como devemos e a quem devemos fazer, pois os pecados não confessados e não resolvidos impedem a frutificação e nos mantém afastados de uma vida abundante, cheia de paz e alegria, além de atrasar ou frustrar a realização dos sonhos e propósitos de Deus em nossa vida. Concluímos dizendo que trevas geram trevas e luz gera luz. Quanto mais escondemos nossas faltas, limitações e pecados mais argumentos o diabo tem contra nós. Por outro lado, quanto mais nos aproximamos da luz, maior a nossa libertação em relação ao poder do pecado.

Aplicando a mensagem:
  1. Com relação ao que seu comportamento em público e em privado, qual a afirmação você se identifica?
    1. Costumo ser mais educado, cortez do que geralmente sou em casa.
    2. A idéia que as pessoas  de fora tem de mim, normalmente é a mesma que as pessoas da minha família têm.
    3. Não tenho comportamento  em publico que diferem muito do que tenho na minha vida privada.
  2. No que se relaciona a falar de você mesmo você costuma:
    1. Ter muita facilidade;
    2. Ter pouca facilidade;
    3. Prefiro não falar de mim;
    4. Não tenho problema em me abrir quando acho que as pessoas são confiáveis.
  3. Se você já confessou algo difícil qual foi a sensação que desfrutou depois de ter confessado?
  4. Quanto seu nível de confissão de pecado, qual a afirmação você mais se encaixa?
  5. Tenho vencido em muitas áreas, mas ainda preciso crescer muito nisso;
    1. Ainda não consigo me abrir;
    2. Acho que meus pecados já foram perdoados, por isso não preciso mais falar deles;
    3. Acho que ainda não encontrei a pessoa preparada que possa me abrir;
    4. Agora sou totalmente transparente e embora um pouco constrangedor,  já consigo confessar livremente;
    5. consigo falar naturalmente, sem nenhum constragimento.
  6. Na sua opinião por que uma vida de intransparência costuma gerar tantos problemas físicos e emocionais?
  7. Depois de falarmos de transparência você pode garantir que foi totalmente transparente ao responder essas perguntas?
6 . Intercessão (10 minutos)

7. AVISOS: 2 CONFERENCIA DA VISÃO MDA
ROGRAMAÇÃO




  • SEXTA 20h - ABERTURA SÁBADO 
  • SÁBADO 17h - Workshop
  • SÁBADO 19h30m - Culto
  • DOMINGO 8h30m - Workshop
  • Domingo 18h Culto de celebração

  • Transparência - A nobre arte de viver sem máscaras. (Baseada no livro de mesmo título - Sabá Liberal)

    quarta-feira, 12 de novembro de 2014

    A MISSÃO DA IGREJA

    1. QUEBRA-GELO (10 Minutos) Qual era a tarefa de casa que sua mãe ou o seu pai te dava que você mais detestava?

    2. PASSANDO A VISÃ(05 minutos):

    Evangelismo e integração, 2. Pastoreamento e Discipulado, 3. Treinamento de líderes, 4. Comunhão,    5. Crescimento e Multiplicação.
    3. LOUVOR E ADORAÇÃO (15 minutos)

    4. OFERTA (5 minutos)
    5. EDFICAÇÃO (45 minutos) 

    Resumo da Mensagem
    Texto: Mateus 16.13-18. 
    No Domingo passado fomos ministrados sobre o tema: A Missão da Igreja. Aprendemos que o termo igreja (no original) significa literalmente; "Chamados para fora". Que igreja para os gregos era como uma assembléia dos dias de hoje. Já para os Romanos, igreja tinha mais a ver com uma comitiva de cidadãos que antecedia as tropas militares sempre que o império de Roma queria conquistar uma nova nação.
    Considerando estes conceitos de igreja da época, e o fato de Jesus ter anunciado a fundação de Sua igreja dentro deste contexto (Grego/Romano), concluímos que, enquanto igreja, a nossa missão é: Sairmos do mundo no sentido de não nos deixar moldar por ele, ao mesmo tempo que devemos entrar nele para de lá conquistarmos novos filhos para o Reino do Filho de Deus. Mas como vamos conseguir cumprir esta tão maravilhosa missão? 1. Proclamando o evangelho do Reino - Anunciando a mensagem a tempo e fora de tempo. 2. Vivendo o Evangelho do Reino - O evangelho deve ser um estilo de vida e não uma religião morta. 3. Funcionando como agentes colonizadores do Reino - chamados para povoar o lugar que estivermos com mais e mais filhos de Deus. 
    Conclusão - A missão da igreja é a continuidade da missão de Cristo. Ele foi para o Pai, mas deixou aqui o seu  corpo,  que somos nós para terminar o serviço que Ele começou.
    Aplicando a Mensagem
    1. Considerando a sua experiência pessoal, o que a igreja significa para você?
    2. Como foi o seu primeiro contato com a igreja de Jesus?
    3. Se compararmos a missão da igreja com uma partida de futebol, onde você se encontra?
      1. Tô na arquibancada assistindo.
      2. Tô me aquecendo para entrar.
      3. Tô no Banco.
      4. Tô na enfermaria.
      5. Tô jogando.
    4. Considerando o investimento que você faz e  o preço que você paga, o que aconteceria com seus parentes e amigos hoje, se eles dependessem exclusivamente de você para estar igreja?
        1. Estariam muito longe.
        2. Estariam bem perto.
        3. Estariam na igreja a muito tempo.
        4. Outro.
    5. O que você acha que aconteceria nesta célula se cada um de nós procedêssemos exatamente como foi ministrado aqui hoje?
    6. Quantas pessoas em média você convida para vir a esta célula por mês?
      1. Ainda não convido ninguém.
      2. Convido entre uma e duas pessoas.
      3. Convido mais de três pessoas.
      4. Convido mais de cinco pessoas.
      5. Convido mais de dez pessoas.
    7. Enquanto esta palavra era compartilhada o que você pensa ter ouvido especificamente da parte de Deus para a sua vida? 
    6. INTERCESSÃO (10 minutos)
    7. AVISOS (10 Minutos)
    Lembre-se de falar da nossa conferência nos dias 21, 22 e 23 deste mês e de estimular todos a adquirerem a pulseira para o evento.

    quarta-feira, 5 de novembro de 2014

    DEUS QUE NUNCA DESISTE

    1. QUEBRA-GELO (10 Minutos) 

    2. PASSANDO A VISÃO (05 minutos):

    Evangelismo e integração, 2. Pastoreamento e Discipulado, 3. Treinamento de líderes, 4. Comunhão,    5. Crescimento e Multiplicação.
    3. LOUVOR E ADORAÇÃO (15 minutos)

    4. OFERTA (5 minutos)
    5. EDFICAÇÃO (45 minutos) 

    Resumo da Mensagem
    Texto: Gênesis 21. 8-21. 
    No domingo fomos ministrados com uma palavra que foi baseada na experiência de Hagar, a escrava de Sara e do seu filho Ismael. Aprendemos que qualquer um de nós, em alguma circunstância da vida, pode vir a ser cercado por  um sentimento de desistência, que geralmente se revela por (4) atitudes básicas: 1. O desistido tende a esquecer-se  das promessas de Deus para sua vida; 2. O desistido tende a distanciar-se de suas responsabilidade; 3. O desistido tende ao (isolamento), distanciando das pessoas que ele está associado;  e,  4. O desistido tende ao pessimismo (espera sempre o pior)
     No entanto, este texto nos mostra ainda que  tal sentimento pode ser derrotado, se confiarmos no caráter de nosso Deus que nunca desiste de nós. Devemos nos lembrar: 1. Ele é fiel - Se você entrar no deserto, Ele vai contigo (v.17), 2.  Ele é misericordiosoSe você chorar, Ele ouve o teu choro (v.17), 3. Ele é Deus de promessa - Se estiver sem esperança, ele te faz promessas (18), 4. Ele é Deus provedor - Se te faltar suprimento, Ele cria fontes para você (v.19), 5. Ele é Deus de milagres - Se te faltar fé, Ele abre os teus olhos para que veja o milagre. (v.19).
    Conclusão
    O nosso Deus é indesistível e ele jamais desistirá de você, e de mim até que faça de nós como Ele mesmo é; indesistível,
    Aplicando a Mensagem
    1. O que mais te influencia em direção a desistência?
      1. As atitudes dos outros;
      2. As minhas próprias atitudes;
      3. Repetidos "Fracassos";
      4. O meu passado;
      5. outro.
    2. Se você pudesse retomar algo que desistiu no passado, o que seria?
    3. Qual é o seu maior exemplo de perseverança em meio às dificuldades?
    4. O que você diria para um discípulo(a) ou amigo(a) que encontra-se em uma situação parecida com a de Hagar?
    5. O que você faz para sair de um crise de desistência e continuar a jornada?
    6. Considerando esta mensagem, qual ou quais dos sinais do desistido você pode dizer que está vivendo?
      1. Esqueci as promessas de Deus;
      2. Distanciei de algumas responsabilidades; 
      3. Me isolei;
      4. Estou esperando o pior (Pessimismo);
      5. Não vejo possibilidade alguma;
      6. Não vejo nenhum desses sinais em mim hoje.
    7. O que Deus ministrou em seu coração enquanto esta palavra estava sendo compartilhada?
    6. INTERCESSÃO (10 minutos)
    7. AVISOS (10 Minutos)
    Lembre-se de falar da nossa conferência nos dias 21, 22 e 23 deste mês e de estimular todos a adquirerem a pulseira para o evento.